Confira as Novidades

Carregando...

Creme para tirar manchas do rosto

Compartilhar

Possuir manchas no rosto é uma das maiores preocupações das mulheres que vão ao dermatologista – ficam atrás apenas de acne e micose. Não é à toa: elas podem surgir muito antes de você virar a casa dos 30! Aos 20 e poucos, manchas castanhas, pequenas e irregulares (as melanoses solares) aparecem em quem abusou do sol.

Algumas mulheres que fazem o uso da pílula anticoncepcional podem notar o surgimento de manchas que geralmente marcam a maçã do rosto, testa ou buço por causa da ação dos hormônios (os melasmas). E quem nasceu com a pele morena pode perceber, de repente, uma nova marquinha escura depois de tomar uma picada de mosquito ou da cicatrização de uma espinha bem inflamada.

Por que as manchas no rosto aparecem?

Creme para tirar manchas do rosto

Creme para tirar manchas do rosto

As manchas no rosto são resultado da produção exagerada de melanina, um tipo de pigmento que dá cor à pele. O sol é um dos principais responsáveis por esse descontrole. Até nos melasmas, em que o grande gatilho é o hormônio, os raios ultravioletas agravam a situação.

Carregando...

Por isso, o filtro solar é palavra-chave na prevenção e, também, no tratamento desse problema.

Pense bem: já que você vai gastar os tubos (literalmente) com cremes e consultas, vale a pena caprichar na proteção para manter o resultado.

Os cremes feitos sob manipulação

Creme para tirar manchas do rosto1

Os cremes feitos nas farmácias de manipulação são uma das primeiras opções dos dermatologistas. Depois de avaliar a sua pele, o médico prescreve uma fórmula específica para você. Grande parte das substâncias sem pigmentação interfere no mecanismo que regula a síntese da melanina.

Alguns outros componentes ativos são capazes de absorver e controlar a distribuição desse pigmento na pele. Nos manipulados, a concentração das substâncias ativas é mais alta do que nos cosméticos tradicionais. A da hidroquinona (um clássico para tratar manchas no rosto), por exemplo, fica entre 2 e 5%. Nos produtos
vendidos nas farmácias, não passa de 1%. Isso se traduz em resultados mais rápidos e perceptíveis. Veja os ativos mais utilizados.

  • Hidroquinona continua sendo a mais prescrita. Inibe a ação da tirosinase, uma enzima relacionada à produção de melanina. Deve ser utilizada por no máximo nove meses, pois pode provocar irritação em quem tem pele sensível.
  • Idebenona, se tornou a preferida dos especialistas ,pois tem efeito clareador tão potente quanto o da hidroquinona. Melhor: é mais segura, sem tantas reações adversas.
  • Ácido kójico, é um componente despigmentante derivado do arroz, promove um resultado mais leve.
  • Clarinskin II é um componente extraído do gérmen do trigo e também controla a síntese de melanina. Destaque: é liberado para o uso em gestantes, vantagem raríssima no mundo dos cremes clareadores.
  • Cosmocair C250 ajuda a equilibrar a produção da melanina e regula sua transferência para os queratinócitos – células da epiderme. 6. Nano White, ativo que associa arbutin (despigmentante de origem vegetal) a outros ingredientes de efeito antioxidante, como a glutationa e as vitaminas C e E.

Vantagens desses componentes nos cremes para tirar manchas no rosto:

Além de possuirem substâncias despigmentantes, os manipulados podem conter filtro solar e ingredientes que combatem o envelhecimento, o ressecamento ou o excesso de oleosidade, tudo no mesmo pote. Desvantagem: são mais instáveis e, portanto, duram menos tempo. Fique de olho na data de validade.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *