Queda de cabelo: Como acabar? Veja dicas e causas

Compartilhar

Queda de cabelo, tensāo na certa. O cabelo para a mulher é considerado como símbolo de sensualidade e que possibilita inúmeras transformações de visual, por isso nós o valorizamos tanto, e embora haja queda de cabelo considerável, a verdade é que ninguém gosta de vê-los cair, pois a queda de cabelo pode ser sinônimo de grande ansiedade e sofrimento emocional que acompanha tanto homens quanto mulheres.

queda-de-cabelo

A queda de cabelo é pouco comum entre as mulheres, porém quando ocorrem, os danos não são somente físicos, mais também psicológicos e até mesmo sociais, pois a boa aparência é fator predominante na vaidade feminina.

A intensificação da queda de cabelos feminina pode ter diversas causas e intensidades, devido a vários fatores, mas poucas mulheres percebem que a queda pode estar relacionada diretamente com a saúde do corpo e podem ser motivados por uma alimentação e higiene inadequados, como também diversos outros fatores. Estresse, má alimentação, genética e processos químicos, podem ser os grandes vilões da queda de cabelo.

A queda de cabelo é um problema que causa tensão em muitas mulheres, por isso exige tratamento e cuidados adequados para a prevenção. Segundo os médicos é normal que diariamente uma pessoa perca de 50 a 100 fios (que integra o processo natural de renovação dos fios), mas quando a queda ultrapassa esse número deverá ser investigada mais de perto, por isso sempre que possível consulte um dermatologista para que possa lhe orientar de forma mais específica quanto aos produtos mais recomendados ao seu tipo de pele e cabelo.

Seu cabelo está caindo mais que o normal nos últimos dias? Para saber se você está realmente com problema, confira aqui no Beleza de Mulher, quais são as possíveis causas e dicas de como acabar com a queda de cabelo e ainda garantir fios saudáveis por mais tempo.

Causas queda de cabelo

O cabelo pode perder seu aspecto saudável e apresentar queda de cabelo por diversos motivos. Há dois grupos:

>>Causas internas, como alterações nutricionais, manifestações genéticas, irregularidades hormonais e inflamações no couro cabeludo;

>>Causas externas, que têm como agentes influenciadores a poluição, exposição excessiva ao sol ou mesmo a fumaça dos cigarros, que são de caráter cumulativo.

O cabelo que vemos e tocamos é basicamente um fio constituído pela proteína queratina, formado por escamas superpostas. A parte viva encontra-se dentro do couro cabeludo. A parte externa, a haste capilar, é o que chamamos de cabelo. Ele pode sofrer agressões no dia-a-dia, como o sol, a água do mar, a química das piscinas, vento, poluição, ar-condicionado e variações de umidade no ar.

causas-queda-de-cabelo

Mas as maiores agressões para o inicio da queda de cabelo são causadas por nós mesmos, ao pentearmos os cabelos, passar as mãos com resíduos nos fios, sejam cremes ou mesmo suor, além de tratamentos químicos, como colorações, relaxamentos, escovas dos mais variados tipos, dentre outros tratamentos. Não chega a ser surpresa que o cabelo sofra com isso tudo, e quanto mais comprido, com crescimento mais lento e mais fino, maior será o dano.

Sinais queda de cabelo

Para saber quais os principais sinais da perda capilar, temos que observar o grau de intensidade.

1 – O primeiro sinal é um afinamento do cabelo, em geral na parte anterior e superior da cabeça. No começo parece que a risca do penteado vai ficando mais alargada, até que se percebe a redução do volume e um crescimento lento do cabelo;

2 – Depois, uma rarefação acentuada, cria-se uma espécie de transparência, permitindo que se veja o couro cabeludo através do cabelo;

3 – Os fios ficam finíssimos, frágeis, quebradiços e mais claros. Nesse estágio, a queda de cabelo já está instalada. A linha de cabelo rente à testa é geralmente poupada, assim como o cabelo da região posterior, acima da nuca, por serem menos suscetíveis à ação hormonal. Na linha anterior, a enzima arômatas ajuda a proteger o cabelo da ação hormonal.

Dicas como acabar com queda de cabelo

>> Oleosidade e queda caminham juntas, por isso o primeiro cuidado é manter os fios sempre limpos, pois a gordura presente no cabelo dificulta a oxigenação feita pelo couro cabeludo o que enfraquece consideravelmente os fios, levando-os a queda de cabelo. Segundo os dermatologistas, cabelos oleosos necessitam de maiores cuidados como a lavagem diária em água de morna para fria, jamais em água quente, pois a alta temperatura predispõe a dermatite seborreica (caspa) e oleosidade rebote, nunca vá dormir com os cabelos molhados, pois o cabelo molhado possibilita a visita de fungos e não use condicionadores ou leave-in na raiz.

>> Para ter um cabelo de causar inveja, bonito e saudável, a alimentação faz toda a diferença, pois alguns nutrientes são importantíssimos para a saúde dos fios, é o caso das proteínas, vitaminas A e C, ácido linoleico, cobre, iodo e o zinco. Você pode encontrar esses nutrientes consumindo ervilha, hortaliças cruas, amendoim, frutas cítricas, trigo integral, carnes em geral, leite e seus derivados e também óleos vegetais.

dica-queda-de-cabelo

>> Para quem tem o hábito fazer escova e chapinha é fundamental usar um protetor térmico nos fios antes de fazer a escova, evitando assim que os fios se quebrem, pois segundo os profissionais, o calor desses equipamentos deixa os fios com aspecto ressecado e quebradiço, o que gera também a queda de cabelo.

>> Como sabemos, os nutrientes são os responsáveis pela saúde não só do corpo, mas também do cabelo, através da circulação sanguínea os nutrientes são transportados por todo o corpo. Para quem fuma a nicotina interfere diretamente na circulação sanguínea, comprometendo e dificultando a irrigação do sangue no organismo, com isso o corpo não consegue expelir as toxinas comprometendo assim a saúde de todo o corpo, refletindo também no cabelo que fica fraquinho e opaco e sem vida.

>> Assim como existem alguns alimentos considerados aliados da beleza, existem também os vilões, que quando consumidos em excesso podem deixar os fios frágeis, facilitando a queda de cabelo, é o caso do café, alimentos gordurosos, frituras e o açúcar refinado que deve ser usado e consumido com moderação, além das bebidas alcoólicas, é claro! Riscando esses alimentos do seu cardápio, além da saúde dos fios você ainda garante conquistar uma cinturinha de pilão!

Além desses cuidados para evitar a queda dos fios, algumas atitudes simples ainda podem estimular o crescimento do cabelo, como massageá-los durante a lavagem. Após aplicar o condicionador nos fios, com a cabeça voltada para baixo use a pontas dos dedos para massagear a raiz do cabelo por pelo menos dois minutos, porém cuide para não espalhar o condicionador no couro cabeludo. Enxágue o cabelo e repita a operação em todas as lavagens de seus cabelos.
Alimentos como nozes, linhaça, cenoura, vegetais, abacaxi e cereais ajudam no crescimento dos fios, assim como produtos compostos a base de jaborandi, cafeína e ginko biloba que promovem a irrigação sanguínea.

Todas as dicas podem parecer bem simples, porém são essenciais e muitas vezes esquecidas em nosso dia a dia, e são elas que fazem grande diferença na beleza de nossas madeixas mulherada.

Conte-nos como acabou com a sua queda de cabelo aqui no Beleza de Mulher!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *